segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Soneto do Encontro

.

[foto: O Nascimento da Luz]




Um homem que era, em tudo, tão provecto
Que não se dava ao bem da vaga espera
Sob uma forte luz, que o incinera
Seu corpo volve, agora circunspecto

Ninguém jamais o vira em tal aspecto
Com o coração ardendo, como fera
Um brilho em tal fulgor, como quimera
Projeta-se em seu corpo, e no intelecto

E desce aos vales do âmago da dor
Volteia nas montanhas do prazer
Com turbulência e paz, ódio e amor

Assim descobre o homem seu valor
No encontro de seu ser com o outro Ser
Um lance, criatura e Criador.


© Joeldo Holanda


15 comentários :

Lygia disse...

Olá querido!

É lindo quando um ser alcança essa luz. A grandiosidade humilde do perdão, a alegria do encontro, a vitória da emoção sobre a razão, o reconhecer do amor. Como num círculo, provoca a dor de outro, que seguindo, chegará a essa mesma luz, descobrindo seu real valor.
Esse poema nos dá margem para profundas reflexões acerca do nosso íntimo, de nossas ações e sentimentos.

Obrigada mais uma vez por seus escritos que tanto nos fazem crescer.

Beijos

Lygia

joeldo disse...

Lygia,

Seu comentário está em sintonia com a essência do poema, obrigado por nos presentear com essa sua sensibilidade, tão aguçada.

Beijos
Joeldo

Cristiane Marino disse...

Olá Amigo!

Vim agradecer a visita! E adorei o que encontrei!

Parabéns! seus escritos são incríveis, já publicou?

Esse soneto nos faz ir muito além, refletir nosso interior.

Um grande abraço

Katia Cristina disse...

Olá Poeta!
Mais uma vez você nos surpreende com palavras que tocam o coração e nos fazem refletir sobre o nosso ser real que muitas vezes o medo de sofrer nos faz manter escondido e coloca em nossa face uma máscara daquilo não somos. Infelizmente ainda não aprendemos que cada um tem sua própria essência, e é essa essência que cativa e faz com sejamos amados.
Parabéns!

Beijos com carinho.


Katia Cristina

joeldo disse...

Cristiane,

Adorei seu blog, seus escritos e sua atitude em relação à Literatura.

Pessoas assim como você sempre terão um lugar privilegiado aos olhos de quem escreve, pois você tem os olhos de quem lê com a alma, e a pena de quem escreve com o coração.

Agradeço pela visita ao meu blog. Espero contar com você sempre por aqui.

Abraços,
Joeldo

aminhadocepink disse...

Tu! mi amigo!, eres
un destello de luz en la implacable oscuridad que iluminas como un rayo de sol
que me alejas de la tristeza
con una broma
con una sonrisa
o tan solo diciendo:
No seas debil,tu eres fuerte!
Tus palabras
siempre traen consigo
aquella chispa
que me dice:
que compartir mis penas
y mis alegrias contigo es un alivio
Por eso te quiero..
por darme tu cariño sincero...

Angelica Amorim disse...

Papito,
o teu poema é lindíssimo,tens um interior do tamanho do universo.
um beijo na alma,
Gékila

Mari Amorim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joeldo disse...

Lisete,
Gracias por tus palabras, siempre fuertes, sin duda... Eres muy cara.
Besos

Gékila,
Obrigado, é sempre bom ter você por perto.
Beijão.

Cristiane Marino disse...

Tem um mimo para você lá no meu blog!

abraço

BLOG DA DESIRRÊ POESIAS disse...

PARA VC UM NOVO LINDO DIA!!!!!!!!!!
Olá Joeldo!!!!!!!!!!!!
“Esta vida está repleta de coisas e fatos belos,sublimes e comovedores.
Se você deseja ter uma vida digna de ser vivida,
comece já a “caça ao tesouro”.
Basta procurar para que você encontre quantas belezas quiser:
a virtude das pessoas,a bela Natureza,um sublime gesto de bondade,etc,
espalhados como pequeninas jóias.”
(Seicho Taniguchi)

Este texto em sua simplicidade,me fez ver que a medida que os anos passam vamos enxergando com mais clareza os problemas,as tristezas,do que as jóias que fazem parte de nosso cotidiano. A felicidade afinal,se resume,em sermos capazes de voltar a olhar para o mundo com os olhos de descoberta,procurando novos tesouros,que na maioria das vezes estão bem perto de nós,mas deixamos escapá-los porque insistimos em nos manter presos ao passado,ou,ao contrário,ficamos buscando no futuro algo que acreditamos estar ainda muito longe do nosso alcance.
Pense nisso!!!

bjos....
Tania

Cristiane Marino disse...

Olá Joeldo!!

Tenho passado sempre por aqui!

Os comentários já estão liberados lá no meu blog, acho que era pane da google aquele dia mesmo!

abraçooo

BLOG DA DESIRRÊ POESIAS disse...

MINHA HOMENAGEN PARA TODAS AS MULHERES DESTA MARAVILHOSA ALFÂNDEGA DO FIM DO MUNDO!!!!!!!!!!
MULHER

A vida lhe permitiu
Ser mulher
Você abusou
Sua condição assumiu
Esnobou
Conquistou seu espaço
Evoluiu
Das passarelas tomou conta
Arrasou
Na política se envolveu
Presidiu
Mulher verdadeira tomou forma
Por você o mundo se transformou
E rendeu-se aos seus encantos
Como gata
Tem sete vidas
É atrevida
Sensual
Mulher da vida
Fatal
Bonachona
Mulher faceira
Mãe dedicada
Ordeira
São tantas em tantas faces
E todas cheias de luz
Mesmo em feições de tristeza
Ser MULHER é uma beleza
Bênção que à vida seduz!

TANIA ZOTTO
07/03/09


Parabéns a todas nós Mulheres, que da vida temos orgulho e nela fazemos a diferença!
Bjs!

joeldo disse...

Tania,
Obrigado por seus textos e homenagens.
Aguardo a respostagem da homenagem ao Jonas.
Beijos
Joeldo

Tuamusa disse...

Você continua escrevendo lindamente. Saudade. Gi